A SOBRADE 

 Nesta última década em que as questões ambientais permearam nas discussões sobre gestão, legislação, governança e empreendedorismo, cabe ressaltar o envolvimento e o papel da sociedade na cobrança de uma postura ética ou no mínimo séria dos governantes, políticos e empresários na condução de suas tarefas e responsabilidades no quesito ambiental.

Organizações ambientalistas, desvinculadas de interesses públicos e privados, passaram a exercer importante papel na conscientização ambiental de vários atores e parecem aumentar sua influência na mudança de comportamento no trato do tema ambiental no Brasil.

A degradação ambiental é tida como um dos principais problemas do Brasil e dentre os vetores da degradação, destaca-se a agropecuária como um dos principais. Outros também devem ser citados como a urbanização, estradas, mineração e grandes obras como as barragens. Contudo, é notória a preocupação na busca de alternativas para recuperar seus impactos ambientais.

A Sociedade Brasileira de Recuperação de Áreas Degradadas-SOBRADE tem, nesses últimos anos, contribuído sobremaneira na busca de soluções para esses problemas porquanto tem como destaque, dentre seus objetivos, a promoção do conhecimento e desenvolvimento de técnicas através da pesquisa e divulgação de experiências e resultados. Destaca-se neste aspecto a edição de mais de 1.300 trabalhos técnico-científicos editados em anais dos seus nove simpósios brasileiros reeditados a cada 2 anos, sobre este tema.

A manutenção de intercambio e colaboração técnica e científica com entidades nacionais e internacionais dedicadas a interesse correlato para o conhecimento de outras realidades também fazem parte da sua tarefa e objetivos nos quais está envolvida.

Contamos atualmente com mais de 1.000 associados no Brasil interessados em trocar experiências. Se você atua na área ou tem interesse no tema, basta nos contatar.

Mauricio Balensiefer

Presidente